quarta-feira, janeiro 02, 2013

2012

Quando penso em 2012 tenho que concluir que fui uma vez mais feliz. Mas afinal de contas, o que nos faz felizes? Sei que em 2012 o devo em grande parte ao meu namorado. Não consigo especificar o porquê, mas na verdade o facto de ele existir é suficiente para me sentir bem, para me sentir melhor comigo... é estranho não é? Ou se calhar não...
A família continua bem. Os meus pais vão envelhecendo, com saúde e bem dispostos! O meu irmão e a minha cunhada também estão bem e o meu sobrinho é uma criança fantástica que nos deixa a todos com um imenso sorriso na cara. É muito engraçada esta relação de sangue que se estabelece com uma criança.
Os amigos continuam por perto! É engraçado, perceber que os meus amigos de longa data se mantêm (alguns são amizades de mais de 20 anos)... Curioso, os mesmos dois que me deixaram preocupado em 2011 continuaram com as mesmas questões em 2012. Raio dos miúdos! Mas em 2013 tudo vai mudar, sinto isso! E conheci algumas pessoas fantásticas este ano que espero manter por muitos anos!
Trabalho... contínuo com as mesmas dúvidas, mas ainda assim o ano correu bem. E os projectos paralelos foram todos fantásticos!
Saúde... apesar do quid pro quo com o ombro, tudo correu bem!
Viagens... comecei o ano em Paris e passei por Milão e Veneza em Novembro. Pelo meio ficaram algumas idas "lá fora cá dentro" com o meu miúdo. Alentejo (o Alentejo dele!) e Figueira da Foz. E foi bom, muito bom! E mais uma vez praia! Muita praia. Quase sempre Tróia! Vamos os dois e ali ficamos, calados, lado a lado, ele a rir-se com a quantidade de vezes que vou à água, eu a rir-me por ele ter tanto frio ao entrar na água.
Gosto do meu namorado. Muito. Amo-o. E isso foi bom em 2012 e vai ser bom em 2013.

6 comentários:

João Roque disse...

É tão bom ver-te feliz com o teu namorado...

iLoveMyShoes disse...

:)

Alex disse...

É tão lindo ouvir alguém dizer 'Gosto do meu namorado. Muito.' - este amar português íntimo e sincero.

iLoveMyShoes disse...

:)

Arrakis disse...

És um sortudo, não há nada como gostar de alguém e ser correspondido :)

um coelho disse...

É impressão minha ou vejo estrelas e arco-íris a explodir deste post?