quarta-feira, abril 10, 2013

Relações

O meu pai nunca foi homem que demonstrar grandes emoções. Mas ontem, quando cheguei de surpresa para os seus anos, ficou com lágrimas nos olhos. Embora tenha desconfiado quando a minha mãe saiu de manhã para me ir buscar e inventou uma desculpa para ele não a acompanhar, ficou na dúvida, porque eu tinha cá estado na Páscoa. Enfim, valeu o esforço de fazer esta viagem novamente.

3 comentários:

Pedro disse...

Valeu o esforço sim.
A demonstração dos afetos não deve ser evitada... e o senhor teu pai ficou certamente muito feliz com a tua presença.
Um abraço

Alex disse...

:) fixe...

João Roque disse...

Vale sempre a pena viver esses momentos...