sexta-feira, março 07, 2014

Ópera

Um amigo (dos poucos que conhecem o meu blog) perguntou-me porque raio publicava eu óperas inteiras no meu blog. Achas que alguém as vai ouvir? - perguntou-me ele. Eu olhei e sorri. O problema é que tu pensas num blog como algo que se tem para os outros lerem. Eu tenho o meu blog para mim. Não respondeu. Achei que tinha sido um pouco bruto e acrescentei… claro que gosto que as pessoas o visitem e comentem, se assim não fosse era privado. Mas o meu blog é para mim, para as minhas coisas, para os meus devaneios. Quando começar a escrever para quem me lê, então estará desvirtuado… já não cumprirá a função para a qual o criei… por isso é que poucos amigos o conhecem.
Tenho de facto por aqui um excelente arquivo de óperas, versões integrais, algumas mais felizes que outras. Mas sempre que quero ouvir uma, sei onde posso ir. Ouvir ou ver, pois só tenho publicado versões cénicas. Se sou um connoisseur? Não, nem por isso. Mas gosto muito.

11 comentários:

Meia Noite e Um Quarto disse...

concordo tanto contigo...o blog é tão pessoal, quando deixa de ser um "eu" e se torna um "para ti", fica sem carácter. Há uma partilha, uma interação, mas a essência deve estar em nós.

Miguel R disse...

Durante 5 anos tive um blog. Cheguei a ter prai 500 seguidores, e à volta de 1000 visitas diárias - nada de especia provavelmente, mas pra mim já era uma imensidão de pessoas - , e cheguei a um ponto em que não escrevia pra mim.
Escrevia para eles.
O que achava que eles iam achar interessante.
Passou a tornar-se um trabalho, onde não era pago.
Não me sentia bem.
E a verdade foi que passados uns tempos simplesmente deixei de lá ir.
É um bocado complicado explicar a quem não tem blog essas coisas, maas olha, continua com as tuas óperas :P

Kyle Phillipe disse...

eu tenho muito medo de tornar o meu blogue em algo para entreter os outros, porque acima de tudo e como diz o nome, aquilo é o meu diário. Claro, eu adoro receber comentários e tudo mais, mas quando sinto que me estou a obcecar com aquilo, paro um tempo e penso no que verdadeiramente quero.

Junta-te ao clube disse...

Pimba!!!

Ass: Gattaca

Gil disse...

E Obrigado por elas cá andarem, são sempre bem vindas. Eu ouço-as, principalmente as da "minha" Divina.

Namorado P.S. disse...

P ara mim um blogue é um diário. Onde pergunto hoje, para amanhã responder. A mim próprio. E como diz o Miguel, a partir do momento que "isto" vira um trabalho, deixa de fazer sentido :)

A verdade é que também gosto que leiam e comentem, mas como também já escrevi algures por ai na blogosfera, é uma maneira de conversar, de trocar experiências ou muitas vezes dizer umas parvoíces.

divagacoesaoluar disse...

O meu blogue também é para mim, acho que funciona tipo um diário. Ao mesmo tempo gosto da interacção com os leitores/seguidores, de aconselhar filmes, por exemplo, porque acho que posso retribuir o que vou "sacando" com os outros bloggers. By the way, continua a postar óperas porque eu volta e meia venho aqui ouvi-las e adoro :)

iLoveMyShoes disse...

Claro que gosto disto no blog, de ter gente a comentar :) you got it ;)

e fico contente por saber que não sou o único a ouvir as "minhas" óperas. É tipo... serviço público! LOL

divagacoesaoluar disse...

Não é "tipo serviço público", é mesmo :)

divagacoesaoluar disse...

Não é "tipo serviço público", é mesmo :)

iLoveMyShoes disse...

:)